sábado, 29 de setembro de 2012

Significado dos Símbolos do Batismo



EXPLICAÇÃO DOS SÍMBOLOS

NOME (APRESENTAÇÃO DA CRIANÇA)


O nome da criança é muito importante. Ele representa que é o único para Deus e para a humanidade. Valorizar o nome de alguém é reconhecer a sua dignidade. No evangelho Jesus nos diz que o pastor chama cada uma das ovelhas pelo nome e caminha na frente delas. Deus é assim: Ele chama cada um por seu nome e guia o seu caminho.

O SINAL DA CRUZ


É o sinal do Cristo salvador, sinal da vida que vence a morte. A cruz, na época de Jesus, era um instrumento de condenação. Os que não cumpriam as leis, que cometiam algum crime eram crucificados. Quem era pregado na cruz não tinha direito à sepultura, ficava pregado na cruz até que o corpo fosse sendo consumido pelo tempo e comido pelos animais e aves. Era um jeito bárbaro de amedrontar as pessoas que transgrediam as leis.

O Filho de Deus participou da pior condenação. Foi acusado de subversivo. Se opôs a normas e leis que impunham um fardo pesado incapaz de ser carregado pelos pobres.

Foi condenado à morte e morte de cruz. Mas nela não permaneceu, pois ressuscitou. A partir desse momento a cruz não é mais sinal de morte e condenação, mas sinal de vida, de libertação, salvação e vitória. Por isso a criança é marcada com o sinal da cruz, o sinal da vitória da vida sobre a morte.

INVOCAÇÃO DOS SANTOS


A Igreja terrestre une-se a Igreja  Celeste para receber esta nova vida e interceder a nós junto ao Pai, apresentando os méritos que alcançaram na terra pelo único mediador de Deus e dos homens,  Jesus Cristo.

UNÇÃO COM ÓLEO


Na celebração do batismo a criança é ungida duas vezes: no peito e na cabeça.

Quando a criança é ungida no peito lembramos que o Cristo deve penetrar na vida da criança  como o óleo penetra no seu peito. Depois, no final da celebração a criança é ungida de novo, mas na cabeça. Com esta unção lembramos que o batizado participa da mesma missão de Jesus: Sacerdote, profeta e rei. Como sacerdote oferece sua vida,se doa, como profeta se torna porta vos de Deus anunciando sua palavra e como rei serve como Jesus serviu, lavando os pés dos discípulos.

Na Bíblia as pessoas eram ungidas para cumprir uma grande missão. No Batismo a unção vai lembrar que aquele que está sendo batizado deve ser um cristão lutador, que vai combater as forças do mal. O cristão, aquele que foi batizado não pode ser omisso, ficar em cima do muro. Ele foi ungido para a missão, para ser participante da Igreja de Cristo.

O óleo é abençoado na Missa dos Santos óleos na quarta-feira da semana Santa .


PROFISSÃO DE FÉ 


O batismo não é um ato social, mas deve brotar da fé dos pais e padrinhos. Por isso durante a celebração do batismo somos chamados a renunciar tudo o que não presta, o pecado. Depois de renunciar o pecado somos chamados a professar a fé que queremos para nossos filhos e afilhados

ÁGUA 

A água é outro elemento que a natureza nos oferece e que usamos no batismo. A água é o elemento purificador, que lava, limpa e renova. Ela faz germinar a semente, é fonte de vida.  Sem água tudo morre.

Na Bíblia encontramos diversas citações onde Deus salva o povo por meio da água.

Moisés, quando criança, foi salvo das águas do Rio Nilo. O povo Hebreu ficou livre da escravidão do Egito ao atravessar as águas do Mar Vermelho. O próprio Jesus foi batizado nas águas do Rio Jordão.

O batismo é um mergulho na vida divina. Aquele que preside a celebração derrama  a água na cabeça da pessoa (criança ou adulto) dizendo: Eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do espírito Santo. Somos batizados em nome da Santíssima trindade. Por isso, sempre que fazemos o sinal da cruz lembramos o nosso batismo.

VESTE BRANCA

O batismo é um novo nascimento. Aquele que foi batizado desveste-se do homem velho e reveste-se do ressuscitado. A veste branca simboliza que o batizado se revestiu de Cristo (Gl 3,27); ressuscitou com Cristo. De todo batizado a Igreja pede que mantenha essas vestes brancas (a vida de Cristo) “imaculadas até a vida eterna”.

LUZ (VELA)

Quando nos falta a luz a escuridão nos faz tropeçar, cair. No rito da celebração a vela que é entregue aos pais e padrinho é acesa no círio pascal. O círio pascal foi aceso no Sábado Santo quando celebramos a ressurreição de Jesus, a vida que vence a morte, a luz que vence as trevas. Do Cristo-luz, do Cristo vencedor é que recebemos a luz que nunca deve se apagar. Eis as palavras do Padre ao entregar a vela acesa: “A vocês pais e padrinhos, é confiada a missão de ampliar essa luz para que estas crianças iluminadas por Cristo, vivam sempre como filhos da luz e, perseverando na fé, possam sair ao encontro do Senhor, com todos os santos quando ele voltar”.

Portanto, somos filhos da luz e não caminhamos por entre as trevas. Fomos iluminados e teremos também que iluminar a vida dos outros; “Vós sois a luz do mundo.. brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos Céus” (Mt 5,14-16)

ÉFETA

Palavra Grega que significa abra-te , para ela ouvir a palavra de Deus e anunciá-la ( O sopro ) - Jesus disse de novo para eles: A paz esteja com vocês. Tendo falado isso: soprou sobre os apóstolos, dizendo: Recebam o Espírito Santo. Quando chegou o dia de Pentecostes, o sopro de um forte vendaval precedeu a chegada do Espírito.

 
DOCUMENTO - (PAI-NOSSO) - Atendendo ao pedido de seus discípulos (“Senhor, ensina-nos a orar”).  Jesus lhes confia a oração cristã fundamental do Pai-Nosso“ A Oração  Dominical é o resumo de todo o Evangelho”, a mais perfeita das orações. Está no centro das Escrituras.Porque vem do Senhor Jesus, Mestre e Modelo de nossa oração.

CONSAGRAÇÃO Á NOSSA SENHORA


Neste dia em que estas crianças entram na Igreja pelo Santo Batismo , vamos confiá-las a especial proteção de Maria , mãe de Deus e dos Discípulos de Jesus.



Fonte:http://www.paroquiasagradaface.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário